Correr requer inúmeros cuidados, e um deles é aliar o treino de corrida com a musculação adequada. Para isto, é necessário procurar quem tem expertise no assunto, e a Dra Nayara Nepomucenno é quem vai esclarecer alguns pontos para nossos leitores.

O fortalecimento muscular é importante não só para as atividades físicas, mas também para atividades diárias funcionais. Podemos observar que as lesões não ocorrem apenas por um fator isolado, normalmente elas têm causas multifatoriais. A fraqueza ou o desequilíbrio muscular estão associados com lesão e como fator de aparecimento da mesma. A musculação é uma das possibilidades de conduta para que o equilíbrio e o fortalecimento muscular sejam atingidos. Existem outros meios ou atividades que auxiliam os músculos, como: Pilates, Crossfit e Treinamento Funcional, entre outros.

Run-Muscu

Fazer um fortalecimento muscular é importantíssimo para os corredores. São os músculos que “protegem” as articulações, evitando desgastes, sobrecargas ou lesões. Como a corrida é um esporte de impacto em articulações como quadril, joelho, tornozelo e pé, o fortalecimento torna-se fundamental para evitar danos aos corredores.

Além de reduzir as chances de aparecimento de lesões, a musculação auxilia e melhora o desempenho dos corredores, pois aumenta força e resistência muscular dos membros inferiores.

É interessante sempre preparar e estabilizar músculos como: tibiais e fibulares (perna), gastrocnêmio e sóleo (panturrilha), quadríceps (anterior da coxa), isquiotibiais (posterior de coxa), CORE (abdominais responsáveis pela postura) e glúteos (estabilizadores do quadril).

 assinatura-fisio