O que a Skechers tem apresentado em inovação no segmento running é um absurdo, e com a nova geração do Gorun Ride não seria diferente.

Os modelos da Skechers nem sempre levam o crédito que merecem, mas a terceira geração do GoRun Ride, veio para mudar isto. Recebendo importantes prêmios no exterior, o modelo surge como uma opção de ótimo custo beneficio para os atletas brasileiros, oferecendo flexibilidade, maciez, leveza e ótimo controle de umidade. Se compararmos ao modelo anterior, as mudanças são sensíveis, mas aos mais acostumados com calçados de performance, eles fazem, ou melhor, trazem inúmeros benefícios, melhorando o desempenho dos atletas.

Ride-Materia

PERFORMANCE, LEVEZA E ESTABILIDADE

Performance é um termo recorrente entre os atletas de nível mais elevado, mas não deve ficar restrito apenas aos corredores de ponta, pelo contrário, a Skechers oferece o que há de melhor em seus calçados. Com o Ride 3, o atleta amador ou não, encontra uma boa dose de amortecimento e estabilidade, tornando as atividades ainda melhores.

O que chama mais a atenção durante a corrida com um Go Ride 3, é o fato do calçado ser bem macio. Geralmente, este tipo de calçado peca pela falta de estabilidade, mas ao correr com o Ride 3, você será surpreendido,  pois ele alia maciez e estabilidade, sem que o peso seja elevado. Grande parte da sensação de maciez, está localizada na palmilha, pois foi desenvolvida com espumas que potencializam o efeito memória, materiais que melhoram a dissipação de suor e minimizam a proliferação de bactérias.

A entressola é o que diferencia este modelo de muitos do mercado, pois há Skechers desenvolveu o Ride 3 com um Drop de 4mm, entre as regiões do calcanhar e a parte dianteira do modelo, tornando a absorção de impacto melhor e potencializando a fase de impulsão das passadas, funcionando como uma espécie de espuma de impulsão.

Ao entrar em contato com o solo, o atleta logo sente que o calçado trabalha para “tira-lo” rapidamente do chão, isto é o efeito Bounce-Back, que alguns calçados possuem, devolvendo parte da energia gerada pelo contato, em forma de impulsão durante as passadas. Além disto, a entressola do Ride 3 foi desenvolvida com Resalyte, um componente superior ao E.V.A que possui alta capacidade de resiliência, maior durabilidade e melhor absorção de impacto em cada atividade.

O solado conta com os sensores GoImpulse, que estão localizados pelo solado, para melhorar o retorno da energia que o atleta gera durante o movimento das passadas.

A Skechers desenvolveu este modelo para atletas Mid-foot Strikers, que possuem maior controle mecanico aobre suas passadas e tendem a ter o primeiro contato com o solo, com a parte medial do pé.

Vale ressaltar que a durabilidade do Ride 3 é intermediária, pois foi desenvolvido para que a performance do atleta não sofra com o peso excessivo do calçado, tornando o treinamento mais natural, ou seja, mais próximo do natural possível. Isto acontece devido a falta de uma grande camada de borracha no solado, o que aumenta demasiadamente o peso do calçado. Sendo assim, quem adquire um Ride 3 deve entender que está comprando um calçado profissional,  portanto, perde-se em um ponto e ganham inúmeros benefícios em outros.

 Review-Ride