Principal modelo da marca para competições, o Rio 2 mantém grande parte das características marcantes que o seu antecessor apresenta, como leveza, aderência e bom controle de umidade.

Como já sabemos a Olympikus mantém sua saga em busca de um lugar ao sol no segmento running performance nacional. Apesar de ser líder de vendas no país, no setor voltado para corrida de rua a marca ainda tenta ser reconhecida. Alguns de seus modelos como Position, Faster, Zonix possuem ótimas tecnologias, mas sem dúvida alguma o modelo que melhor representa a marca neste setor é o Rio, que consiste em uma excelente opção para atletas que buscam leveza e boa base de amortecimento para seus treinamentos.olympikus-rio

LEVEZA, ADERÊNCIA E ESTÉTICA

O Rio 2 como é batizado o modelo, mantém características positivas que eram encontradas em seu antecessor, o Rio 1. Sua base mais leve foi desenvolvida para atender a atletas que buscam um modelo voltado para provas ou treinos de alta performance, onde o peso do calçado afeta diretamente o desempenho do corredor.

Seu amortecimento foi estruturado sobre uma plataforma de E.V.A especial, que possui maior capacidade de amortecimento, proteção contra impactos e otimiza a transição da passada. O EVAMove é mais leve que as entressolas compostas apenas de E.V.A que necessitam de até 24 horas de repouso para que possa fornecer o máximo de proteção e performance ao atleta.

Outro fator destacável é o solado, pois com tecnologia Gripper fornece maior aderência ao atleta durante o ciclo da corrida. O Gripper além de garantir maior aderência, potencializa a estabilidade, durabilidade e transição das passadas. Isto ocorre graças a inserção de componentes carbonados em áreas estratégias do solado, geralmente nas regiões do calcanhar e parte dianteira da sola, pois são as que mais sofrem com a abrasão constante.

Agora merece atenção a edição Rio 2 – Dourada, uma linha desenvolvida para atingir aos apaixonados por estéticas de calçados esportivos.

  [review]

[divider]